Porque a LGPD é um ótimo negócio para as empresas.


 Lima Junior    30 Mai 2016

hero_3.png

Quando se fala em Lei Geral de Proteção de Dados, a grande maioria dos gestores e diretores das empresas começam a imaginar os custos e as dificuldades para a adequação.

Mas aqui vamos falar o quanto a adequação à LGPD é boa para o seu negócio. Sim, isso mesmo, todos nós sabemos das dificuldades que as empresas e profissionais enfrentam em um mundo cada dia mais competitivo, ágil e conectado. Muito se tem falado de imersão digital, transparência, adequações, etc, e neste cenário, a LGPD que para muitos se mostra um grande complicador, vem para, surpreendentemente, agregar valor ao seu negócio.

Mas como?
Modificando a cultura das empresas de forma positiva, agregando conhecimento, segurança e transparência.
Se você, caro leitor não acredita, continue a ler.

Documentação de Processos
Para uma adequação à LGPD é necessário saber onde os dados pessoais estão. E a melhor forma de identificar isso é primeiro mapeando os processos. Mas como isso ajuda a empresa? Ao se fazer o mapeamento de processos é comum detectar problemas, gargalos, duplicidade de processos ou tarefas e controles inúteis. E não fiquem admirados se durante o mapeamento de processos e sua posterior análise, muitos dos mesmos serão melhorados ou até mesmo eliminados. O resultado desse trabalho é uma documentação rica, que facilita a gestão e um maior entendimento do negócio.

Mapeamento de Riscos Corporativos
É impressionante a falta de cultura de risco no mercado corporativo brasileiro. Mapear os riscos ao negócio é fundamental para saber direcionar investimentos, terceirizações ou identificar um risco inerente a um processo que pode colocar em situação de vulnerabilidade todo o negócio.

Mapeamento dos Dados.
Um fato muito comum dentro das empresas é que elas são, por força de lei e/ou por cultura própria, acumuladoras de dados. O mapeamento dos dados, geralmente, mostra esta tendência acumulativa, sendo comum durante o processo, que muitos desses dados sejam eliminados, em virtude de duplicidade ou por terem perdido a razão de sua existência. Isso, ajuda a empresa com a redução dos custos de armazenamento, ganhando mais espaço físico, no caso de dados analógicos e também em espaço digital. Menos arquivos digitais resultam em menos tempo e menor custo para execução de cópias de segurança (backups). Outro benefício do mapeamento dos dados é a retirada de dados desnecessários de fichas e sistemas computadorizados e o conhecimento aprofundado dos tipos de dados necessários.

Regras Claras
O processo de adequação à LGPD faz com que as empresas passem a ter políticas claras e essas deixam de ser papeis assinados (quando existem) e esquecidos, pois devem ser divulgadas a todos e constantemente adequadas as mudanças legislativas ou tecnológicas. Regras claras, cultivadas e constantemente relembradas evitam discursos do tipo: “mas ninguém me disse que não podia…”, agregando segurança e transparência nas relações com colaboradores, fornecedores e clientes.

Segurança
A LGPD é clara ao afirmar que a empresa, como responsável pelos dados, deverá ter meios técnicos necessários para proteção desses. Empresas mais seguras possuem vantagens competitivas, pois seus dados,não somente os pessoais, mas também os corporativos ficam mais protegidos. Firewall, controles de acesso, backups, segurança física dos ambientes, tudo agrega valor e robustez ao negócio.

Capacitação
Em segurança, especialmente digital, existe uma frase que afirma que as pessoas normalmente são o elo mais fraco da segurança. Portanto, criar uma cultura de capacitação constante, permite que seu colaborador tenha maior conhecimento, o que reduz riscos e valoriza o colaborador. A LGPD incentiva a capacitação de suas equipes.

Revisão de Contratos
Como parte do processo, é necessária a revisão e ajustes de todos os contratos da empresa. Sendo este um ótimo momento para reavaliá-los com o aval do setor jurídico, pois todos ficariam espantados com a quantidade de contratos que perdem sua validade legal por evolução das tecnologias e legislação.

Outras considerações
Podemos ainda citar como vantagens facilitar a adequação para certificações ISO/IEC, como as da família 27000 (segurança da informação), melhoria da comunicação interna e externa da empresa, além de favorecer a criação de um SGSI (Sistema Gestor de Segurança da Informação), etc.

Conclusão
Sabemos que toda mudança, em especial as de cultura corporativa, provoca desconforto, mas são tantos os benefícios que nos resta o seguinte questionamento:

“Por que não fizemos isso antes?”.

A adequação à LGPD agrega ao negócio valores que vão acompanhar a empresa por toda a vida, elevando a qualidade dos produtos e/ou serviços prestados, promovendo uma nova cultura, ampliando e implementando soluções técnicas, levando conhecimento e melhorando a comunicação entre todos os atores dos negócios.

Então, caros leitores, não se adequem à LGPD por medo de multas ou sansões, mas para tornar seu negócio mais competitivo, seguro e transparente, ou seja,

se adequem para valorizar o seu negócio.

Autor Lima Junior







Esta notícia é de TI|TOTAL
http://titotal.com.br/news.php?extend.5